O equilíbrio dos diferentes minerais é fundamental para a saúde global do organismo.
Nutrição
Artigo em Discussão
As águas com gás têm algum efeito na função renal?
Gastrenterologia
Artigo em Discussão
Águas mineralmente gasosas no aparelho digestivo
Reumatologia
Artigo em Discussão
Minerais de referência no sistema musculoesquelético
Cardiologia
Artigo em Discussão
As águas minerais aumentam a Pressão Arterial?

Guias para uma Vida Saudável

Bem-vindo(a) ao equilíbrio mineral do organismo.

Planos Nutricionais
Conselhos Associados
Insuficiência de Minerais
Benefícios dos Minerais
Vida Activa

A saúde cerebral: consequências da carência de minerais

20
Dez
Classifique este artigo
(4votos)
Entre os minerais essenciais para a saúde do cérebro, contam-se o cálcio, o magnésio e o zinco.

O défice de cálcio prejudica as funções cerebrais, uma vez que este mineral assegura os impulsos eléctricos do sistema nervoso. Compete aos iões de cálcio transmitir sinais do exterior para o interior da célula, unindo proteínas essenciais.

Estas proteínas são activadas pelo cálcio e provocam várias mudanças na célula. É, portanto, essencial equilibrar os níveis de cálcio nas células. 

A carência de magnésio pode provocar depressões e alterações de comportamento e de personalidade, irritabilidade e ansiedade1 e este mineral é essencial para mais de 300 reacções químicas no organismo.

A carência de magnésio diminui a resposta cardiovascular ao stress e vários estudos demonstraram que pacientes com depressão major apresentavam níveis baixos de magnésio no fluido cerebrospinal.2

A falta de zinco provoca alterações de comportamento e depressão e, em grupos de doentes com depressão major, os baixos níveis de zinco estão relacionados com a maior gravidade da doença.3

Catalisador ou constituinte activo de mais de 150 enzimas, o zinco tem funções antioxidantes, é benéfico para a transmissão de impulsos nervosos, para a tiróide e para a digestão.

A carência de magnésio é um problema grave pois este mineral protege as células nervosas de substâncias potencialmente tóxicas (as neurotoxinas).

1. Rasmussen HH, Mortensen PB, Jensen IW. Depression and magnesium deficiency. Int J Psychiatry Med. 1989;19(1):57-63.
2. Banki CM, Vojnik M, Papp Z, Balla KZ, Arato M. Cerebrospinal fluid magnesium and calcium related to amine metabolites, diagnosis, and suicide attempts. Biol Psychiatry. 1985 Feb;20(2):163-71.
3. Maes M, De Vos N, Demedts P, Wauters A, Neels H. Lower serum zinc in major depression in relation to changes in serum acute phase proteins. J Affect Disord. 1999 Dec;56(2-3):189-94.

0 Comentários

Deixe o seu Comentário

Nome
 
E-Mail
   
Comentário