O equilíbrio dos diferentes minerais é fundamental para a saúde global do organismo.
Nutrição
Artigo em Discussão
As águas com gás têm algum efeito na função renal?
Gastrenterologia
Artigo em Discussão
Águas mineralmente gasosas no aparelho digestivo
Reumatologia
Artigo em Discussão
Minerais de referência no sistema musculoesquelético
Cardiologia
Artigo em Discussão
As águas minerais aumentam a Pressão Arterial?

Guias para uma Vida Saudável

Bem-vindo(a) ao equilíbrio mineral do organismo.

Planos Nutricionais
Conselhos Associados
Insuficiência de Minerais
Benefícios dos Minerais
Vida Activa

A menstruação como factor precipitante da enxaqueca

03
Mai
Classifique este artigo
(4votos)
As mudanças hormonais nas mulheres podem contribuir para o surgimento da enxaqueca. O ciclo menstrual provoca alterações no equilíbrio não só das hormonas (estrogénio e progesterona), mas também dos minerais presentes no organismo, como magnésio, cálcio, sódio e ferro, o que pode desencadear as enxaquecas, as cefaleias, e ter implicações nas flutuações de humor, entre outras.

Muitas vezes, regista-se uma insuficiência na concentração de magnésio intracelular durante os episódios de enxaqueca.1-2 Desta forma, o equilíbrio dos níveis deste importante mineral pode ter influência no alívio desta patologia.

O magnésio tem uma acção promotora do relaxamento dos vasos sanguíneos, permitindo a sua dilatação e reduzindo os espasmos e a vasoconstrição, ao mesmo tempo que regula a acção dos neurotransmissores e de certas moléculas inflamatórias.3

Diversas investigações observaram ainda que, por vezes, existem quantidades menores de cálcio no sangue (hipocalcemia) de mulheres que têm a síndrome pré-menstrual em relação àquelas assintomáticas, o que pode provocar sintomas como fadiga, ansiedade, depressão, irritabilidade, retenção de líquidos, dores e compulsão alimentar.4

Verificamos, desta forma, que o cálcio, tal como o magnésio, pode ser benéfico para aliviar os sintomas de cefaleias associadas à menstruação. Contudo, é necessário controlar a relação entre as quantidades de cálcio e de magnésio intracelular, uma vez que o cálcio pode bloquear a capacidade do organismo absorver correctamente o magnésio e provocar um desequilíbrio na relação entre estes dois minerais.5

O sódio, por seu lado, também tem um papel relevante durante o ciclo menstrual 6, afectando a expressão de sintomas, sendo que o equilíbrio dos níveis de sódio pode aliviar a sintomatologia.7

Concluindo, os níveis de magnésio, cálcio e sódio deverão sempre ser mantidos em equilíbrio no organismo, pois para além de poderem ter influência nos sintomas da enxaqueca, são preciosos para a manutenção da boa saúde do organismo.

1 Rude, RK. (1998). Magnesium deficiency: A cause of heterogeneous disease in humans. Journal of bone and mineral research, 13( 4): 749-758.
2 Kisters K et al. (2000). Membrane, intracellular and plasma magnesium and calcium concentrations in preeclampsia. AJH, 13: 765-769.
3 Mineral Resources International (2004). Magnesium, The Forgotten Mineral. www.mineralresourcesint.com (Acedido em Abril de 2011).
4 Paschoal, V e Fonseca, A.P.B.L. Sindrome Pré Menstrual. Tratado de Alimentação, Nutrição e Dietoterapia. Ed Rocca, 2007.
5 P. Dullo, N. Vedi (2008). Changes in serum calcium, magnesium and inorganic phosphorus levels during different phases of the menstrual cycle. J Hum Reprod Sci, 1(2):77-80.
6 M. Mira, P. M. Stewart, V. Gebski, et al. (1984). Changes in sodium and uric acid concentrations in plasma during the menstrual cycle. Clin Chem, 30(3):380-1.
7 [22] Janowsky, D. S., Rausch, J. L.,Davis,  J. M. ( 2002). Historical studies of premenstrual tension up to 30 years ago: implications for future research. Curr Psychiatry Rep, 4(6):411-8.

0 Comentários

Deixe o seu Comentário

Nome
 
E-Mail
   
Comentário