O equilíbrio dos diferentes minerais é fundamental para a saúde global do organismo.
Nutrição
Artigo em Discussão
As águas com gás têm algum efeito na função renal?
Gastrenterologia
Artigo em Discussão
Águas mineralmente gasosas no aparelho digestivo
Reumatologia
Artigo em Discussão
Minerais de referência no sistema musculoesquelético
Cardiologia
Artigo em Discussão
As águas minerais aumentam a Pressão Arterial?

Guias para uma Vida Saudável

Bem-vindo(a) ao equilíbrio mineral do organismo.

Planos Nutricionais
Conselhos Associados
Insuficiência de Minerais
Benefícios dos Minerais
Vida Activa

A diferença está no rótulo

04
Jul
Classifique este artigo
(0votos)
Se observarmos atentamente a composição das diversas águas com gás existentes no mercado, verificamos que as suas características minerais variam bastante e que o respectivo valor nutricional é bastante diferente.

A relação de equilíbrio entre os diversos minerais é um factor distintivo, que se reflecte positivamente na saúde global do organismo. As águas em que o gás é adicionado artificialmente, não possuem esse equilíbrio, ao contrário das águas em que a adição é 100% natural, como sucede com a Água das Pedras.

Uma água reforçada com gás natural é uma água cujo gás carbónico apresenta, após o engarrafamento, um teor superior ao verificado à saída da captação e, consequentemente, não apresenta o mesmo teor e propriedades originais da água em que o gás carbónico natural vem do mesmo aquífero e que mantém, após o engarrafamento, o mesmo teor que à saída da captação.

Por seu lado, uma água gaseificada, é uma água que foi objecto de adição de gás carbónico artificial e, por isso, tem, regra geral, um valor nutricional negligenciável.
 
Já as águas naturais minerais gasocarbónicas têm uma composição constante. São águas provenientes de grande profundidade e que contêm níveis de sais minerais significativos, que resultam das características das rochas que atravessam ao longo do seu percurso subterrâneo.

Estes sais minerais conferem a estas águas características de alimento e determinam, geralmente, as suas acções benéficas sobre o organismo.

Naturalmente, uma água natural mineral gasocarbónica, como a Água das Pedras, apresenta uma composição específica de minerais e oligoelementos distinta, apresentando por isso benefícios a nível da mineralização total (2832mg/l), sem os prejuízos vulgarmente associados à carbonatação artificial, tais como a erosão dentária, descalcificação óssea e a obstipação, entre outras.

Os tratamentos por ingestão de água mineral, sobretudo água oligomineral e bicarbonatada, são frequentemente recomendados para tratar perturbações relacionadas com o aparelho digestivo, tais como Dispepsia Funcional, Doença do Refluxo Gastro-Esofágico e Síndrome do Intestino Irritável.

Por isso mesmo, águas com maior teor de bicarbonato são mais benéficas na saúde gastrenterológica e até são recomendadas durante a gravidez para os sintomas de enjoo e náuseas, ao contrário das águas reforçadas com gás carbónico natural, cuja composição não é adequada para lactentes e crianças menores de 7 anos.1

A água com gás mineral gaseificada apresenta níveis negligenciáveis de cálcio e magnésio, tão fundamentais à saúde óssea e musculoesquelética.

A biodisponibilidade de cálcio nas águas minerais é um factor relevante, podendo algumas delas constituir uma fonte cálcica não negligenciável, como é o caso da Água das Pedras (cálcio 100mg/l).2

No que diz respeito ao magnésio, águas com elevado teor de magnésio diminuem a mortalidade no enfarte de miocárdio e podem ter um papel importante na prevenção de arritmias.3

Complementarmente, água mineral rica em sódio e bicarbonato pode contribuir para uma dieta mais alcalina, com todos os benefícios para o organismo, nomeadamente ao nível cardiovascular.

Das águas apresentadas, a Água das Pedras é a que apresenta o melhor equilíbrio a nível mineral. Para além do grande aporte de cálcio, a grande quantidade de bicarbonato actua como agente impeditivo na reabsorção do cálcio ósseo, factor tão associado às águas com gás adicionado artificialmente.2

1. Ver o rótulo da água mineral natural reforçada com gás carbónico natural Frize, onde se pode ler a seguinte recomendação: “Não adequada para latentes e crianças menores de 7 anos”.
2. Calcium bioavailability from a calcium-rich mineral water, with some observations on method. Bacciottini L, Tanini A et al. J Clin Gastroenterol. 2004 Oct;38(9):761-6.
3. Drinking Mineral Waters: Biochemical effects and health implications. Albertini MC, Dacha M. Int J Environmental Health. 2007, 1, 153-169.

0 Comentários

Deixe o seu Comentário

Nome
 
E-Mail
   
Comentário