O equilíbrio dos diferentes minerais é fundamental para a saúde global do organismo.
Nutrição
Artigo em Discussão
As águas com gás têm algum efeito na função renal?
Gastrenterologia
Artigo em Discussão
Águas mineralmente gasosas no aparelho digestivo
Reumatologia
Artigo em Discussão
Minerais de referência no sistema musculoesquelético
Cardiologia
Artigo em Discussão
As águas minerais aumentam a Pressão Arterial?

Guias para uma Vida Saudável

Bem-vindo(a) ao equilíbrio mineral do organismo.

Planos Nutricionais
Conselhos Associados
Insuficiência de Minerais
Benefícios dos Minerais
Vida Activa

Hidratação e requisitos minerais

02
Nov
Classifique este artigo
(3votos)

Os benefícios de uma hidratação equilibrada são hoje globalmente reconhecidos. A desidratação resulta de perdas de água através do suor, da urina e da respiração. Durante um esforço físico intenso ou prolongado, o fluxo de água no corpo é afectado sobretudo pela diminuição do nível de açúcar, embora a urina e a perda de fluidos através da respiração contribuam igualmente para a avaliação global dos níveis de hidratação corporal.


Pelo tipo de esforço físico que  desenvolvem, os atletas têm geralmente preocupações acrescidas nesta matéria. Durante os treinos em tempo quente, a desidratação ocorre com mais frequência e tem consequências mais severas. Um controlo e uma avaliação constantes da hidratação corporal são importantes para os atletas que treinam intensamente, em especial se usam equipamento que provoque um aumento da transpiração e consequentes perdas de água.


Um défice de água no organismo superior a 2% marca o nível de desidratação que pode prejudicar o desempenho. Sintomas e sinais clínicos como sede, dor de cabeça e taquicardia, entre outros, não devem ser ignorados e são geralmente indicadores de desidratação. As necessidades individuais de fluidos e de electrólitos variam consoante o exercício físico praticado, as diferenças metabólicas, a altura e a massa corporal, as condições ambientais, a duração da actividade física e as variações genéticas.


0 Comentários

Deixe o seu Comentário

Nome
 
E-Mail
   
Comentário